28 fevereiro, 2017

O olhar de um cachorro ensinando que no fundo o melhor amigo do homem é a vida





Quatro vidas de um cachorro
W. Bruce Cameron
Literatura estrangeira - humor/drama/aventura 


SINOPSE


 "Esta é a inesquecível história de cão que - após renascer várias vezes - imagina haver uma razão para o seu retorno, um propósito a cumprir, e que, enquanto não o alcança, continuará renascendo. Uma história narrada pelo próprio animal, quatro vidas de um cachorro aborda a questão mais básica da vida: Por que estamos aqui?
Emocionante e com boas doses de humor, este livro mostra o olhar de um cão sobre o relacionamento entre as pessoas e os laços eternos entre os  seres humanos e seus animais."

RESENHA



  Este livro é ótimo para os amantes e apaixonados por cachorros. Uma história narrada por um cãozinho Bailey que retorna à terra apenas por quatro vezes para mostrar a sua aventura, como é a experiência como fêmea, o que é ser um cão de rua etc. Bailey mostra que realmente o cão é o melhor amigo do homem (e da mulher).  Eu chorei muito com o livro, um dos meus livros favoritos, ainda não assisti o filme, porém  acredito que seja melhor ainda, afinal, tudo que envolve animais é maravilhoso. Depois de ter lido o livro passei a olhar diferente para o meu cachorrinho. Recomendo e se prepararem para os choros e risos.

Nota: 10  

27 fevereiro, 2017

Não saber o que quer ser não é uma opção






Garota, interrompida
Susanna Kaysen
Literatura estrangeira - Drama

SINOPSE


"Quando a realidade torne-se brutal demais para uma garota de 18 anos, ela é hospitalizada. O ano é 1967 e a realidade é brutal para muitas pessoas. Mesmo assim poucas são consideradas loucas e trancadas por se recusarem a seguir padrões e encarar a realidade. Susanna Kaysen era uma delas. Sua lucidez e percepção do mundo à sua volta era algo que seus pais, amigos e professores não entendiam. E sua vida transformou-se ao colocar os pés pela primeira vez no hospital psiquiátrico McLean, onde, nos dois anos seguintes, Susanna precisou encontrar um novo foco, uma nova interpretação de mundo, um contato com ela mesma. Corpo e mente, em processo de busca, trancada com outras garotas de sua idade. Garotas marcadas pela sociedade, excluídas, consideradas insanas, doentes e descartadas logo no início da vida adulta. Polly, Georgina, Daisy e Lisa. Estão todas ali. O que é a sanidade? Garotas interrompidas."


RESENHA

 Eu primeiro vi o filme, particularmente não gostei muito ou melhor não cheguei a ver até o final.  Ao pesquisar sobre, vi que tem o livro e resolvi comprar. Descubro que a história é real e que a  autora também é a personagem, o que é bastante interessante pois ela conta a sua própria história  e durante a leitura você percebe que ela se considera uma pessoa normal e não uma pessoa que tem algum tipo de distúrbio, pelo menos é o que ela tenta passar. O livro conta a história de Susanna Kaysen, que foi diagnosticada como vítima de "Ordem Incerta de Personalidade" (uma aflição com sintomas tão ambíguos que qualquer garota adolescente pode ser enquadrada), sua vida no hospital durante os dois anos e seu convívio com as meninas. É uma história real, triste e que nos faz refletir nossos papéis na sociedade. "Garota, interrompida" é um livro esquecido da minha estante, mas recomendo para pessoas que querem saber como lidar com pessoas com essa doença e também entender.

Nota: sem nota, pois é uma história real e não ficção
.

24 fevereiro, 2017

Trilogia - O inferno de Gabriel







O inferno de Gabriel
Syvain Reynard
Literatura Estrangeira - Romance/Sedução

SINOPSE

"Quando ainda era adolescente, Julia conheceu o homem dos seus sonhos. Gentil e carinhoso, ele a levou a um pomar abandonado e lhe apresentou a historia de amor de Dante e Beatriz, despertando nela o interesse pela cultura italiana. Mas, ao acordar no dia seguinte, ele não estava mais lá.


Sentindo-se abandonada e humilhada, Julia não contou a ninguém sobre aquele encontro e se esforçou para tocar a vida. Porém, jamais foi capaz de esquecê-lo.


Anos depois, ela se muda para o Canadá, para fazer mestrado na Universidade de Toronto. Embora soubesse que seria obrigada a se defrontar com seu passado, nada poderia tê-la preparado para o que iria encontrar.


Gabriel Emerson é um professor especialista em Dante. Impaciente, grosseiro e arrogante, ele não se lembra em nada o jovem por quem Julia se apaixonou. E mais: parece não ter ideia de quem ela é."

RESENHA

 Sinceramente esse livro não encheu meus olhos. Foi aquele famoso "julgue pela capa", ao comprar e ao ler a sinopse eu achei super interessante e fiquei até ansiosa para ler, porém, me enganei. O autor (até hoje ninguém sabe dizer se é homem ou mulher) enrola muito na narração, ele (a) tentou fazer um livro de sedução mas não deu muito certo,  a personagem Julia é muito chata e a história dos dois lembra até um pouco 50 tons de cinza (aquele lenga lenga que nunca tem uma conclusão). Tentei ler até o final umas 3 vezes e realmente não consegui. Me desculpe os fãs, mas esse livro entrou para minha lista dos PIORES LIVROS QUE JÁ LI. E nem vou comprar os outros 2. E, eu não indico.

Nota: 4

PERDÃO!






Perdão, Leonard Peacock.
Matthew Quick
Literatura estrangeira - Drama

SINOPSE

"Hoje é o aniversário de Leonard Peacock. Também é o dia em que ele saiu de casa com uma arma na mochila. Porque é hoje que ele vai matar o ex-melhor amigo e depois se suicidar com a P-38 que foi do avô, a pistola do Reich.

Mas antes ele quer encontrar e se despedir das quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto.

Encontro após encontro, conversando com cada uma dessas pessoas, o jovem ao poucos revela seus segredos, mas o relógio não para: até o fim do dia Leonard estará morto."


RESENHA

Eu li este livro em 2014, logo assim que comprei. Foi o primeiro livro do Matthew que eu li e achei maravilhoso.  Percebemos através da história que Leonard tem depressão. Ele tenta matar o ex melhor amigo mas não consegue e é a partir daí que vem os relatos de como ele consegue superar essa vingança e esse desejo de suicídio e de como começa a amizade dele com o professor Herr (ele até nos surpreende), sua paixão platônica e etc. Recomendo pois é um livro que nos faz pensar sobre pessoas "problemáticas", depressivas e como fazer para ajudá-las. 

Nota: 9

22 fevereiro, 2017

Não julgue um menino pela cara






O Extraordinário
R.J Palacio
Literatura Estrangeira - Drama/Juvenil

SINOPSE

"August (Auggie) Pullman nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma deformidade facial. que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros."

RESENHA

R.J ao criar esse livro não pensou somente nas crianças e nos adolescentes mas também nos adultos. Além de nos trazer o lado maravilhoso da medicina e de ser criança, falar dos personagens do filme Star Wars (sim, fiquei encantada e amei mais ainda esse livro), traz também que a diferença não é o principal problema da convivência e ter empatia, visão diferente do que estamos acostumados e compreender o porquê disso é o foco principal do livro. É uma história fantástica, Auggie mostra a pureza, o amor, a união da família e amigos e o desprezo da sociedade por causa de sua aparência.  Por fim, não existe criança ruim é a família que impôs isso (como no caso do Julian). Vale a pena ler!


Nota: 10

20 fevereiro, 2017

Recomeço


Olá leitores! 



Então, como eu mudei de casa, logo minha estante também mudou, com isso blog e insta entrou em "reforma". Vou atualizar as fotos e as críticas.  Postarei outros livros que nunca mostrei e um pouquinho sobre mim. Mas como eu trabalho e estudo será pouco difícil de deixar 100% atualizado mas farei um esforço, até porque é um meio que arrumei para compartilhar com alguém, tenho 80 seguidores (no Instagram) e isso me deixa animada (espero que mantém). 
E é isso que venha as atualizações. 






POEME-SE! 📚❤📚