Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2017

Quatro vidas de um cachorro - resenha

Imagem
O olhar de um cachorro ensinando que no fundo o melhor amigo do homem é a vida  


RESENHA

Uma história narrada por um cãozinho Bailey que retorna à terra apenas por quatro vezes para mostrar a sua aventura. Bailey mostra como é viver na rua, como é ser fêmea e que o cão, realmente é o melhor amigo do homem. 

Eu chorei muito com o livro, um dos meus livros favoritos. Ainda não assisti o filme, porém, creio que é melhor ainda, afinal, tudo que envolve animais é maravilhoso. Depois de ter lido o livro passei a olhar diferente para o meu cachorrinho, Apollo. Se prepararem para os choros e risos.


Livro: Quatro vidas de um cachorro.
Autor: W. Bruce Cameron.
Gênero: Humor/Aventura.

Editora: Harpercollins.
288 páginas. 
Nota: 10. 

Garota, Interrompida. - resenha

Imagem
Não saber o que quer ser não é uma opção


RESENHA

 Primeiro eu vi o filme, particularmente não gostei muito ou melhor não cheguei a ver até o final.  Ao pesquisar sobre, vi que tem o livro e resolvi comprar. Descubro que a história é real e que a  autora também é a personagem, o que é bastante interessante pois ela conta a sua própria história. Durante a leitura você percebe que ela se considera uma pessoa normal e não uma pessoa que tem algum tipo de distúrbio, pelo menos é o que ela tenta passar. 

O livro conta a história de Susanna Kaysen, que foi diagnosticada como vítima de "Ordem Incerta de Personalidade" (uma aflição com sintomas tão ambíguos que qualquer garota adolescente pode ser enquadrada), sua vida no hospital durante os dois anos e seu convívio com as meninas. É uma história real, triste e que nos faz refletir nossos papéis na sociedade. "Garota, interrompida" é um livro esquecido da minha estante, mas recomendo para pessoas que querem saber como lidar c…

O inferno de Gabriel - resenha

Imagem
RESENHA

 Gabriel é um professor especialista em Dante em uma Faculdade. Ficou rico por ser herdeiro de um pai biológico, de quem ele tem raiva. Se envolve com várias mulheres diferentes nos bares em que frequentam, até conhecer Julia.

Julia uma menina pobre que se mudou para o Canadá, para tentar uma vida melhor. Consegue entrar para faculdade e aluga uma quitinete. Após seu encontro com Gabriel, eles começam a trabalhar juntos e daí, surge o amor entre os dois. 

Julia é irma de Gabriel. Julia era jovem quando se envolveu com Gabriel na noite em que ele estava bêbado. Uma noite em que ela nunca esqueceu e foi por causa dele, que se apaixonou pelas obras de Dante. O que ela não sabe é que Gabriel não lembra de nada que ocorreu na noite em que se conheceram. 

Não gostei do livro, foi o famoso "julgue pela capa". O autor (até hoje ninguém sabe dizer se é homem ou mulher) enrola muito na narração, ele (a) tentou fazer um livro de sedução mas não deu muito certo. 


Livro: O inferno de …

Perdão, Leonard Peacock - resenha

Imagem
RESENHA
Leonard se decepcionou com seu melhor amigo e com isso, acorda com vontade de matá-lo. Conforme a leitura, O personagem demonstra depressão e solidão. Quando ele faz amizade com o seu vizinho, que, tem um rotina tranquila e com vícios, ele começa a largar o desejo de vingança e tenta se salvar.  

O livro te leva para as aventuras de Leonard e você fica cada vez mais curiosa para saber o final dele. No livo você encontrará pessoas com tendência suicídio, identidades secretas e solidão. 


Livro: Perdão, Leonard Peacock.
Autor: Matthew Quick
Gênero: Drama/Romance.
Editora: Intrínseca.
224 páginas.
Nota: 9

Extraordinário - resenha

Imagem
Não julgue um menino pela cara





RESENHA
Auggie é uma criança que nasceu com uma síndrome rara facial e passou por várias cirurgias para melhorar seu rosto. Além da deformidade, tem também problemas de audição.
Ele é uma criança inteligente, com uma família o ama mais que tudo e poucos amigos. Ele entrará para escola pela primeira vez, aos 7 anos (não me recordo bem a idade) e a partir daí, ele nos conta a sua trajetória no colégio. 
No livro encontraremos várias partes narrados pelos próprios personagens. Cada um falando o seu ponto de vista em relação ao Auggie. Retrata também que, a diferença não é o principal problema da convivência e sim o preconceito e a ignorância. Auggie é o ponto de nos dizer que, no fundo, somos todos iguais. 
Comentário

R.J ao criar esse livro não pensou somente nas criança, mas também nos adultos. Além de trazer o lado maravilhoso da medicina e de ser criança, cita os personagens do filme "Star Wars" (sim, fiquei encantada e amei mais ainda esse livro).…

Recomeço

Imagem
Olá leitores! 


Então, como eu mudei de casa, logo minha estante também mudou, com isso blog e insta entrou em "reforma". Vou atualizar as fotos e as críticas.  Postarei outros livros que nunca mostrei e um pouquinho sobre mim. Mas como eu trabalho e estudo será pouco difícil de deixar 100% atualizado mas farei um esforço, até porque é um meio que arrumei para compartilhar com alguém, tenho 80 seguidores (no Instagram) e isso me deixa animada (espero que mantém). E é isso que venha as atualizações.





POEME-SE! 📚❤📚